31.10.12

[Resenha] Sussurros de Uma Garota Apaixonada - Mandy Porto

Título: Sussurros de Uma Garota Apaixonada
Autora: Mandy Porto
Editora: Underworld
Número de páginas: 244
Avaliação: 3/5
Sinopse: Sussurros de uma garota apaixonada apresenta Brooke Watson, uma novata na Universidade de Stanford. Brooke não queria saber nada de garotos, apenas queria se concentrar nos estudos e ser uma boa médica no futuro. Danny Garcia entra em sua vida, um garoto arrogante que a maioria das pessoas da Universidade detesta. Ele é morto por um Serial-Killer do campus e Brooke é a única que consegue vê-lo. Eles se detestam, mas deverão trabalhar juntos para descobrir quem é o assassino que está matando meninos no campus da Universidade.

E mais uma vez o amor ultrapassa os limites da morte...



Esse livro prometia bastante. Um serial-killer, fantasmas, romace e medicina. Peguei o livro para ler com a expectativa lá em cima e, infelizmente, não foi tudo aquilo que eu esperava.
O livro conta a história de Brooke, uma caloura de medicina de Stanford. Brooke é uma pessoa tímida (até demais) e muito focada nos estudos, ao contrário da maioria de seus colegas de campus, entre eles Danny Garcia, um cara bonito, sensual, festeiro e... insuportável. Tudo muda quando Danny é morto dentro do campus e, por um motivo que não faz ideia a princípio, Brooke é a única que consegue vê-lo. E a partir daí que a estória a se desenrolar, com Brooke tentando ajudar Danny a descobri quem o matou e, meio que sem querer, eles começam a se apaixonar.

Primeiro eu gostaria de citar os pontos positivos. Começando pela capa que, pelo amor de Deus, é M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A! Dá vontade de comprar o livro só pra ter essa capa bonita na estante. A diagramação também é incrível, algo que já é marca da Underworld.
Em relação a escrita, gostei bastante do jeito que a Mandy conduz a estória. A linguagem é de fácil assimilação (até mesmo em pontos que poderiam ser complicados, como nos que envolvem medicina) e o livro flui de maneira rápida e boa, tanto que quando percebemos já chegamos ao fim.
Também gostei muito de alguns personagens como o Danny e a Lucy, colega de quarto da Brooke. Eles muitos vezes foram os responsáveis por eu ter continuado a leitura. O suspense em torno do assassino do campus também tem uns bons momentos que nós fazem ficar ávidos por mais.
Agora, infelizmente, o livro tem uns pontos negativos que quase me fizeram desistir da leitura. O primeiro e mais importante de todos: Brooke. Ela por vezes me lembrou Bella Swan e Ever Bloom e, quem me acompanha a um tempo, sabe o quanto eu me irrito com personagens nesse estilo. Ela é tímida demais, chora muito e, por vezes, fica repetindo que não pode fazer isso, porque faz medicina e medicina é para pessoas fortes e blá blá blá. Ela repete isso o tempo inteiro. E eu não concordo. Precisa ser forte e ter foco para fazer medicina/ser médico? Precisa. Mas, eu senti como se ela estivesse meio que, não sei, diferenciando quem faz medicina. E não é bem assim. Eu faço medicina e posso garantir para vocês que nós, estudantes, somos pessoas normais =)
Outra coisa que me incomodou um pouco foi a paixão quase instantânea dos protagonistas. Eu meio que me incomodo quando é assim e, se não esperasse até o final e tivesse largado, continuaria achando essa paixão sem explicação. Mas, notícia boa: ESSA PAIXÃO REPENTINA TEM EXPLICAÇÃO.
E o final é surpreendente! Vale a pena esperar até lá.
No mais é isso pessoal, Mandy Porto escreve bem, conduz o livro de maneira legal, peca em alguns pontos no decorrer da estória, mas no fim vale a pena. Eu gostei bastante do final que ela deu para os dois e, mesmo tendo descoberto logo quem era o assassino, gostei do suspense.
É um livro que indico para quem curte uma história de amor com uma pitada de suspense. Vá sem taaantas expectativas e com certeza adorará a leitura.

Um super beijo e até a próxima.