10.10.12

[Resenha] Fazendo Meu Filme 3 - O Roteiro Inesperado de Fani

Título: Fazendo Meu Filme 3 - O Roteiro Inesperado de Fani
Autora: Paula Pimenta
Editora: Gutemberg
Número de páginas: 419
Avaliação: 5/5
Sinopse: "Um turbilhão de sentimentos e emoções. Assim podemos definir o terceiro volume de Fazendo meu filme. No mais intenso livro da consagrada série, Fani, agora com dezoito anos, volta da terra da rainha mais segura, mais madura, e logo se dá conta de que já não é mais a mesma menina que viajou para a Inglaterra, cheia de anseios e temores. Agora, as expectativas estão voltadas para o vestibular e o tão sonhado namoro com Leo. Mas, como em um bom filme, sua vida é cheia de surpresas, alegrias, decepções e conflitos. Estefânia Castelino Belluz terá de fazer escolhas difíceis e corajosas. Seja em confusões no namoro, nas dúvidas do vestibular, nas relações com a família ou com as amigas, Fani passa por várias novas experiências e continua a fazer o seu filme, por caminhos às vezes cheios de romance e felicidade, às vezes duros e nebulosos. A envolvente série, que já conquistou milhares de leitores e leitoras em todo o Brasil, promete, neste terceiro livro, muito mais emoções. E o comovente filme de Fani continua a ser escrito..."
ATENÇÃO: Essa resenha pode conter spoiler para quem ainda não leu os dos livros anteriores da sério: Fazendo Meu Filme 1 (resenha aqui) e Fazendo Meu Filme 2 (resenha aqui).


Depois de ter passado um ano maravilhoso na Inglaterra Fani volta para o Brasil. E logo nos seus primeiros dias ela percebe que tudo está muito diferente. A Gabi e o Léo na universidade, o namoro de seu irmão com a Natália... ELA está diferente. Está com uns quilos a mais, está bem mais madura e em quase nada lembra aquela menininha que foi para a Inglaterra com um amor mal-resolvido. Além é claro, do fato de ainda ser MUITO chorona.
E se não bastasse tudo isso ela sente muita saudade da sua família inglesa. Da sua hsister Tracy, de dividir a sala com a Ana Elisa e tudo mais que ela deixou na terra da rainha.
E ainda tem o Léo! Depois de ter descoberto toda a história que ele tinha inventado, ela não sabe como olhar para ele. Mas de uma coisa ela tem certeza: ela o ama e quer MUITO ficar com ele.
E é isso que vai pontuar toda a história. Nos primeiros capítulos vemos uma Fani tentando se readaptar ao Brasil, a sua antiga casa, misturando o inglês com o português, enrolada com o vestibular e sendo pressionada pela mãe para fazer Direito.
Mas por entre tanta coisa ruim surge uma boa: ela e o Léo finalmente se entendem e começam a namorar. Porém, o que teria tudo para ser um conto de fadas acaba ficando complicado. O Léo de revela um ciumento incorrigível e tudo pelo que eles tanto lutaram pode vir abaixo por conta disso..
Esse talvez seja o livro mais intenso da série. Nele podemos acompanhar todas as mudanças na vida de Fani. O crescimento da personagem, que já podia ser notado na Inglaterra, fica mais evidente quando ela volta ao Brasil. Me identifiquei muito em algumas partes e relembrei bastante da minha própria vida, como na parte em que a Fani tem que se matar de estudar, porque eu mesma fiz isso ano passado e sei o quanto é difícil abrir mão de passeios, de estar com a família, com o namorado...
Namorado. Sim, agora a Fani finalmente tem um namorado. O fofo, lindo e romântico do Léo que parece ainda mais fofo agora. O problema, como já foi citado, é que agora ele MUITO ciumento. Tipo, louco mesmo, e eu me irritei muito com ele algumas partes.
Também me irritei bastante com a Fani, pois em vários momentos onde tudo podia dar certo, ele arranja um modo de se meter em confusão. Ô menina pra gostar de drama.
Passei a gostar ainda mais de alguns personagens, como a Gabi (linda, passou em Medicina ♥. Nem me identifiquei né rs). Ela aguentou bastante algumas chatices da Fani e, no lugar dela, não sei se aguentaria não.
A Priscila, que sempre foi a garota das notícias ruins para a Fani, aparece um pouco mais nesse livro e já começa a soltar um pouco do seu fanatismo por séries.
A Natália continua daquele jeito de sempre e ela e o Alberto formam um casal muito perfeito ♥
E, quando a gente menos espera, um velho conhecido do passado ressurge. E agora Fani, o que fazer?
Enfim, esse livro também traz muitas lições para qualquer pessoa. E uma das principais, na minha opinião, é que não importa qual seja o motivo e quão boa seja sua intenção, a mentira SEMPRE é o pior caminho. E nossa queria protagonista vai descobrir isso da pior maneira.
No mais, continua tão bom quanto os outros e tem um final surpreendente e, de certa forma, incrível.
Preciso mesmo dizer que estou louca para ler o quarto?

Um super beijo e até a próxima.